18/02/2005

esperas

Os africanos precisam de tonus. Ver un chef de Estado - en l'ocurrence Kabila himself - ser tratado como um simples bastardo com origens duvidosas e isto por um reponsavel dum estado "amigo" como a Bélgica... Se os africanos aceitam estes descalabros que continuam de revelar a mentalidade post-colonial destes ministros sem vergonha, onde vamos parar?
Se os africanos querem adquirir um minimo de respeito na cena politica internacional devem exigir que os politicos sobretudos brancos ex-coloniais respeitem as regras de boa convivência. Se um ministro congolês dissesse que o Senhor Santana Lopes era talvez filho do carteiro e nao do seu pai, teriamos certamente um conflito internacional. Mas quando Karl de Gucht Ministro dos Negocios Estrangeiros da Belgica diz que Kabila é filho ilegitimo do rei Leopold... enfim, desculpem o homem porque ele nao sabe o que faz...
 
Mas uma unica coisa é certa : enquanto os africanos engolirem estes descalabros, isso sim, a Africa sera sempre uma terra de pretos.
Felizmente que todos sabemos que o odio é negro.

22:40 Écrit par Kavimbi | Lien permanent | Commentaires (1) |  Facebook |

Commentaires

Nasceu um novo espaco de amizades e encontros, com videochat, mapas, blogs, albuns de fotos, videoteca, música e noticias sobre Africa! www.africamente.com

Écrit par : africamente | 26/01/2007

Les commentaires sont fermés.