03/02/2005

tsou na mi ré do

Bon pronto, o tsunami não sabes o que é? claro, mesmo en Angola toda a gente sabe o que é o tsunami... Um marmoto. Qual marmota... Un tremor de terra no mar... bon, lembras-te de 1715? Qual revolução francesa... O terramoto de lIsboa! Era um tsunami ume marmoto. Pois estàs a ver? O mar a mexer na areia, e as ondas, as ondas cheis de furia, devastando quintais de fazendeiros, prédios de comerciantes atrazados nos impostos, e outros affairistas. Como? Algumas crianças? Sim, mas so 1,2 por cento o que é estatisticamente negiljàvel a titulo de recenseamento autonomo. Vejamos a margen do coeficiente de StanfordOnRocks : se o coeficiente é inferior a 4 pois então é que a normalidade foi ultrapassada.

De forma que o que conta hoje é o milho. O bagaço. A tuna. O pognon. O dolare.

200 mil milhoes de bilions de kuanzas... éh pà, quantos angolanos não iriam comer com este dinheiro todo? O qué? Os angolanos também deram dinheiro para os tailandeses?
Poxa, não me lixes... Os angolanos nem têm dinheiro para comprar mandioca...
 
Bom, tà bem o tsunami é melhor que os relity shows brsileiros que sempre falam das mesmas lengalengas... Pois então vamos ao tsunami en one-show.
 
Bon, e o vento? depois do mar...

01:53 Écrit par Kavimbi | Lien permanent | Commentaires (0) |  Facebook |

Les commentaires sont fermés.